Abraçar a Circularidade

Valorizamos a beleza estética de nossos produtos ao mesmo tempo em que buscamos alternativas de menor impacto ambiental, buscando demonstrando a importância dessas escolhas mais conscientes para nossos consumidores. Portanto, estamos avançando em direção a um modelo de produção que garanta a circularidade de nossas embalagens até 2030 e assegure que 100% dos nossos materiais sejam reutilizáveis, recicláveis ou compostáveis.

Um dos passos nessa direção é o programa pioneiro de refil de produtos da Natura, que também já está em operação em duas das novas lojas conceito da The Body Shop: Bond Street, em Londres, e Pacific Centre, em Vancouver.

Nosso Compromisso

Circularidade completa de embalagens
  • 20% (ou acima) menos material de embalagem (em peso)
  • 50% de todo o plástico utilizado deve ser de material reciclado (em peso)
  • 100% de todo o material de embalagem deve ser reutilizável, reciclável ou compostável
  • Compensação, por meio de programas de coleta e reutilização, para atingir o descarte 100% responsável onde a infraestrutura de reciclagem não está disponível
Circularidade das fórmulas
  • 95% ou mais de ingredientes renováveis ou naturais
  • 95% ou mais de fórmulas biodegradáveis
  • 100% das novas fórmulas terão menor pegada ambiental, medida pela análise do ciclo de vida
Investimento em soluções regenerativas
  • Investir US$ 100 milhões (ou mais) no desenvolvimento de soluções regenerativas, tais como: biotecnologia em resíduos, ingredientes, plásticos etc.
  • Promover agricultura regenerativa em áreas desmatadas para reduzir o uso de produtos químicos e criar alternativas à monocultura

Nosso Progresso

Linha Ekos da Natura estudando a palmeira Tukumã estudando a palmeira Tukumã
The Body Shop's Body Butters Body Butters
A parceria da Aesop com Dutjahn Sandalwood Oils Dutjahn Sandalwood Oils